Compras

Mercado São Sebastião: um roteiro de experiência

Por Gabi Dourado

Uma estrutura francesa para um lugar que reúne costumes tão cearenses. O Mercado São Sebastião faz parte da rotina de Fortaleza há 126 anos e não perde a sua majestade. Ao reunir gastronomia, artesanato, plantinhas e comércio variado, o espaço convida a uma experiência completa dos sabores e cores da Capital.

Quem é frequentador assíduo costuma ter suas preferências, desde aqueles que não perdem uma panelada no domingo pela manhã (dizem esse ser o verdadeiro brunch de Fortaleza) até quem faz a feira de frutas, legumes e carnes para a semana. Ou seja, é no Mercado que os costumes naturais dessa terra se encontram e se reúnem.

É essencial estar atento a alguns locais nos quais não se pode deixar de passar, tá?

O Mercado São Sebastião faz parte da rotina de Fortaleza há 126 anos.
Foto: Roni Vasconcelos

Começa logo no estacionamento. Sim, é nessa área peculiar onde é possível experimentar o melhor suco da fruta da cidade. Com cardápio vasto, os sucos ofertados na barraca do estacionamento do Mercado são direto da fruta de cada estação e muito bem servidos. Para aplacar o calor, melhor pedida não há.

Chegou na hora do almoço? Aproveita e vai à área do Nem, o Rei da Língua. O cozinheiro Francisco Antônio Serafim da Silva, conhecido pelo apelido que dá nome ao seu box, é premiado nacionalmente pela qualidade de seu tempero. Por lá, além da Língua de Boi pela qual ficou conhecido, também sempre tem uma boa buchada, sarapatel, sarrabulho ou a tradicional panelada. É de sair de bucho cheio!

Pertinho da área dos restaurantes, outro ponto que não deixo passar é o do coco, onde dá pra comprar tudo derivado do coco: água, óleo, leite… além dos doces, como a cocada servida na quenga do coco. Mas, a dica maior é levar o pacote de coco ralado fresquinho, muito diferente daqueles industrializados que se compra no supermercado. Excelente para colocar naquela tapioca ou cuscuz feitos em casa. Dá outro sabor!

O segundo andar do Mercado reserva espaço para as artesanias locais.

As clássicas castanhas também podem ser degustadas.

 Por lá também é possível encontrar boas panelas e outros utensílios domésticos, produtos feitos em renda e outras técnicas manuais, além de outros bons achados.

Depois do passeio pelos boxes de frutas, carnes e temperos – degustando os mais variados sabores – o segundo andar do Mercado reserva espaço para as artesanias locais. Uma ótima sugestão é se perder pelos corredores com todo tipo de produto feito em barro.

Entre bancos, colheres, caixas, objetos de decoração e o clássico filtro, é possível encontrar aquela peça que faltava na sua casa ou ainda a que vai resolver alguma necessidade. Por lá também é possível encontrar boas panelas e outros utensílios domésticos, produtos feitos em renda e outras técnicas manuais, além de outros bons achados.

Já na área externa do Mercado, a variedade de produtos é diversa. Peças feitas em ferro, produtos para animais e comidinhas em geral fazem parte das ofertas dos boxes ao ar livre. Uma dica ainda é descer as escadinhas na área central e visitar o espaço dedicado ao cultivo de plantas para escolher uma mudinha e levar para casa.

Separe algumas horas para desfrutar a experiência da visita ao Mercado São Sebastião, pois é lá onde você deverá sentir um pouco da vida, das cores e dos sabores de Fortaleza.

O que é o Mercado São Sebastião?

O Mercado São Sebastião é um ponto turístico e gastronômico da cidade que teve origem na França e foi inaugurado em abril de 1897 como Mercado de Ferro (ou Mercado da Carne), durante a gestão de Guilherme Rocha. A estrutura foi fabricada pela oficina francesa Guillot Pelletier e transportada para Fortaleza em navios.

Em 1937, parte do mercado foi movida para a Aldeota e transformou-se no Mercado dos Pinhões, e em 1968, a estrutura foi remontada como Mercado da Aerolândia.

Em 1997, o Novo São Sebastião foi inaugurado com três pavilhões, praça de alimentação e amplo estacionamento. Atualmente, o espaço dispõe de 400 boxes de frutas, verduras, carnes, peixes, frutos do mar, plantas, vestuários e utilidades se distribuem em três blocos do Mercado.

Agenda

Saiba tudo o que está rolando na Cidade do Sol

07 jun
08 jun
09 jun
11 jun
Mascara de Fundo

Outras experiências em Fortaleza

As melhores dicas e experiências da Cidade do Sol

Todos
Beira-Mar
Cidade do Sol
Gastronomia
História e Cultura
Compras
Pet Friendly
Mascara de Fundo