História e Cultura

Arte por Fortaleza: roteiro de museus e espaços artísticos para visitar

Banner - Arte por Fortaleza: roteiro de museus e espaços artísticos para visitar
Foto: Igor de Melo Foto: Igor de Melo
Por Gabi Dourado

Sabe uma coisa que Fortaleza tem muito? História. A cidade é abundante não só em mar, em sol, em beleza natural e em cultura. Ela é rica de memórias. E de arte!

Não por acaso, o turismo local também se faz em museus e outros equipamentos que ajudam a expandir conhecimento sobre quem fez, quem faz e quem está fazendo Fortaleza. Esses espaços contam um pouco sobre como a cidade nasceu, mas também sobre personalidades que desenharam, a partir das mais diferentes linguagens, a trajetória da cidade da luz. Seja via fotografias, pinturas, grafites, videos, sons e imagens.

Vamos fazer um passeio por alguns desses lugares? Boa viagem!

Museu Da Fotografia

O Instituto Paula e Silvio Frota administra o Museu da Fotografia Fortaleza, um espaço cultural importante em nossa cidade. Com uma das mais renomadas coleções de fotografia do Brasil, o museu disponibiliza seu acervo e instalações para o público apreciar e experimentar. Além de exibir obras de todo o mundo, o museu também serve como uma ferramenta educativa, oferecendo projetos, cursos e eventos diversos para ajudar na percepção, produção, profissionalização e evolução do olhar.

Desde sua abertura em março de 2017, a educação tem sido um dos principais objetivos do museu em sua interação com a comunidade. Em comemoração aos seis anos do MFF, a exposição inédita, Homo Sapiens – O Homem que Sabe o que Não Sabe, está a disposição para visitação e conta com 80 fotografias de Daniel Taveira e seu olhar cuidadoso, que observa em diferentes terras manifestações culturais e cenas cotidianas.

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 – Varjota
Entrada gratuita
(85) 3017-3661

Museu da Indústria do Ceará

O Museu da Indústria localiza-se no coração do Centro de Fortaleza, em um importante corredor histórico que apresenta vistas para a Santa Casa de Misericórdia, o Forte Nossa Senhora de Assunção, o Centro Cultural Dragão do Mar, a Catedral e o Passeio Público.

Com mais de 2 mil metros quadrados disponíveis, o Museu visa preservar e valorizar as memórias de cinco séculos de desenvolvimento da história industrial do Ceará, enquanto se abre para os novos tempos de inovação, tecnologia e conhecimento. O Museu é um novo ponto cultural e turístico da cidade, com várias áreas dedicadas a atividades museológicas e culturais em geral.

Endereço: Rua Dr. João Moreira, 143 – Centro
Entrada gratuita
(85) 3201-3901

Museu de Arte da UFC

Antônio Martins Filho idealizou o Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará – MAUC ao assumir a Reitoria da instituição. Fundado em 1961, o museu possui um acervo museológico valioso, uma biblioteca especializada em artes e museologia, além de um conjunto de arquivos relacionados à memória institucional e ao conjunto documental Jean Pierre Chabloz.

Endereço: Avenida da Universidade, 2854 – Benfica
(85) 3366-7481

Casa José de Alencar

A Casa de José de Alencar é o local de nascimento do escritor José de Alencar e se tornou um importante equipamento cultural da Universidade Federal do Ceará em 1964. Localizada às margens da Avenida Washington Soares, a Casa é composta por duas construções e um sítio arqueológico que oferecem um vislumbre da história da família Alencar e do Estado do Ceará.

É um centro histórico e cultural onde funcionam o Museu Arthur Ramos, a Pinacoteca Floriano Teixeira, o Salão Iracema, a Biblioteca Braga Montenegro e a Biblioteca O Guarani. Além disso, a Casa conta com salas de aula e um auditório que hospedam atividades de extensão, como aulas de música e karatê, palestras, seminários e outras ações de interesse público.

Endereço: Av. Washington Soares, 6055 – Messejana
(85) 3366-9276

Museu da Cultura Cearense

O museu procura expressar a cultura cearense de maneira contextualizada e reflexiva, considerando seus conflitos, contradições e temporalidades, valorizando a produção cultural dos cearenses, sua criatividade e diversas maneiras de ser, estar no mundo, se relacionar com o meio ambiente e com outros grupos sociais.

Há 20 anos, no Museu da Cultura Cearense, a exposição Vaqueiros foi inaugurada e já atraiu mais de um milhão de visitantes. Com um cenário incrivelmente realista, a exposição leva os visitantes a uma imersão no mundo sertanejo, explorando as memórias, religiosidade, vida e trabalho desse personagem que é uma figura icônica no sertão. Além desta, outras mostras temporárias ficam em cartaz no espaço.

Endereço: Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema)
Visitas de terça a sexta-feira, das 9h às 18 horas; e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 19 horas.

Museu da Imagem e do Som

O espaço é baseado no conceito de Simpoiesis de M. Beth Dempster, que significa “fazer com, juntos”. Aberto no fim de 2022, o MIS-CE impressiona com suas mostras interativas e tecnológicas. É um equipamento cultural físico e virtual que preserva, difunde e pesquisa a memória audiovisual do Estado do Ceará, com ênfase em cultura, antropologia, história, política e tradições populares.

A estrutura do espaço conta com laboratórios de conservação e higienização, laboratório de digitalização e restauro digital, laboratório fotográfico, reserva técnica ampla climatizada, ambiente para pesquisa e catalogação, estúdio de áudio, de mixagem e restauro de áudio, estúdio de vídeo e ilhas de edição, além de diversos espaços expositivos e pedagógicos com equipamentos digitais interativos.

Endereço: Av. Barão de Studart, 410
Visitas às quartas e quintas, das 10h às 18h; sexta a domingo, das 13h às 20h.
Entrada gratuita

Pinacoteca do Ceará

A Pinacoteca do Ceará propõe uma reflexão sobre o conceito de Museu-Ateliê no escopo da sua constituição, apresentando-se como um espaço vivo e em constante transformação. Bonito pra chover é a mostra de abertura da Pinacoteca do Ceará e contempla três exposições: “Se arar”, coletiva de obras produzidas por diferentes gerações no Ceará; “No lápis da vida não tem borracha”, em homenagem aos 100 anos de nascimento do artista Aldemir Martins; e “Amar se aprende amando”, em homenagem aos 100 anos de nascimento do artista Antonio Bandeira.

Endereço: Rua 24 de maio, Praça da Estação s/n – Centro
De quinta a sábado, de 12h às 20h e domingo, de 10h às 18h.
Entrada gratuita

Agenda

Saiba tudo o que está rolando na Cidade do Sol

19 jun
20 jun
21 jun
22 jun
Mascara de Fundo

Outras experiências em Fortaleza

As melhores dicas e experiências da Cidade do Sol

Todos
Beira-Mar
Cidade do Sol
Gastronomia
História e Cultura
Compras
Pet Friendly
Mascara de Fundo