História e Cultura

Descubra onde curtir o melhor do samba em Fortaleza

Na terra em que o forró é um grande protagonista, o samba encontrou espaço para germinar. O gênero musical associado, principalmente, ao Rio de Janeiro e à Bahia, também ocupa um lugar de destaque na capital cearense e, há anos, se espalha pela cidade graças a sambistas de diferentes gerações que desempenham um papel crucial na consolidação do samba como parte integrante da identidade musical de Fortaleza.

Lugares como Bar da Mocinha e Zé Bezerra, por exemplo, já se firmaram como verdadeiros redutos de cantores, cantoras, instrumentistas e amantes da batucada que se reúnem para celebrar a tradição e, ao mesmo tempo, abrir caminhos para a nova geração.

Outros estabelecimentos como Moto Libre Bar, Teresa e Jorge, Abaeté, Vila Camaleão, entre outros, também são apenas alguns dos exemplos de espaços na cidade que dão ao samba um lugar de destaque em suas programações.

Quer saber onde curtir o melhor da batucada em Fortaleza? O Visit preparou uma lista de dicas para você que não resiste à batida do pandeiro. Confira!

O Bar da Mocinha é um dos principais redutos do samba de Fortaleza.
Foto: Analice Diniz

Bar da Mocinha

Localizado na Praia de Iracema, o Bar da Mocinha é um dos mais tradicionais de Fortaleza quando se fala de samba. Iraci de Souza Batista, a Dona Mocinha, falecida em 2011, abriu as portas da casa em que nasceu e foi criada e transformou em um refúgio para sambistas da cidade que buscavam um lugar para se reunir e batucar.

Há mais de 40 anos, hoje sob o comando do filho Raulino e do neto, Italo da Mocinha, o estabelecimento resiste ao tempo e continua atraindo gerações de músicos e amantes do gênero.

Endereço: Rua Padre Climério 140.

Funcionamento: Sexta, das 11h às 23h. Sábado, das 11h às 23h. Domingo, das 11h às 22h.

Instagram: @bardamocinha

Zé Bezerra

Na década de 70, Seu José Bezerra, falecido em 1994, abriu uma mercearia na Rua Dom Manuel de Medeiros, no bairro Parque Araxá. Reza a lenda que, quando alguns sambistas começaram a se reunir no estabelecimento para tocar, cantar e tomar uma cervejinha, Seu Zé relutou. Não queria que seu negócio, que nasceu mercearia, perdesse o propósito e virasse outra coisa: um bar com roda de samba.

Não teve jeito. O proprietário acabou sendo convencido pelos músicos e, hoje, o espaço que leva seu nome resiste, junto ao Bar da Mocinha, como um ponto de encontro entre a velha e a nova geração de sambistas. Quem toma conta de tudo, desde 2005, é a filha de Seu Zé, Dona Célia. O samba acontece aos sábados, domingos e feriados, mas o domingo é o ponto alto da programação.

Endereço: Rua Dom Manuel de Mederios, 71.

Funcionamento: Sábados, domingos e feriados, das 14h às 20h.

Instagram: @bar.zebezerra

Dona Célia, filha de Zé Bezerra, administra o bar.
Foto: Analice Diniz

Moto Libre Bar

O Moto Libre é uma casa de shows que tem como característica principal a programação diversificada. Há espaço para o forró e outros estilos musicais, mas, às sextas-feiras, o samba é o protagonista.

Toda semana, o estabelecimento apresenta nomes da nova geração para comandar a roda, em um palco montado em 360°. Às vésperas de feriado, a casa também organiza a “Grande Roda de Samba”, promovendo encontros entre os sambistas da cidade.

Endereço: Avenida Monsenhor Tabosa, 299.

Funcionamento: O samba acontece às sextas, a partir das 21h.

Instagram: @motolibrebar

Teresa e Jorge

O Teresa e Jorge fica em uma localização privilegiada para quem gosta de samba: ao lado do Bar da Mocinha. O estabelecimento é uma boa pedida se você quiser sentar, pedir um petisco, uma cerveja e curtir a música sem muita agitação.

A casa tem programação de samba de quarta a sábado e, aos fins de semana, as mesas são mais disputadas. Então, a dica é chegar cedo!

Endereço: Rua João Cordeiro, 540 – Praia de Iracema.

Funcionamento: Quarta a sexta, das 10h às 23h. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 20h.

Instagram: @teresaejorge

Estabelecimentos como Moto Libre Bar, Teresa e Jorge, entre outros, são apenas alguns espaços na cidade que dão ao samba um lugar de destaque.
Foto: Analice Diniz

Abaeté

E por falar em sentar e curtir um samba sossegado, o Abaeté é outro bar que oferece não só uma programação bacana, mas também um cardápio com opções deliciosas de aperitivos, pratos e drinks autorais. Se esse for o seu tipo de rolê, vale visitar o espaço, pedir uma comidinha e ficar para curtir os sambas que acontecem às sextas, sábados e domingos.

Endereço: Rua Barão de Aracati, 2899 – Joaquim Távora.

Funcionamento: Os sambas acontecem às sextas, partir das 20h; aos sábados, às 16h e às 20h; aos domingos, a partir das 18h.

Instagram: @abaeteboteco

“Segunda Sem Leite” no Seu Dedé Botequim

Sim, em Fortaleza você também encontra roda de samba às segundas-feiras. Semanalmente, o projeto “Segunda Sem Leite” arma a batucada no Seu Dedé Botequim tocando os maiores clássicos do gênero e atraindo uma multidão de fortalezenses que não dispensam um bom samba para começar a semana com o pé direito.

Endereço: Av. Pontes Vieira, 1700 – São João do Tauape.

Funcionamento: O samba acontece todas as segundas, a partir das 19h.

Instagram: @segundasemleite

Vila Camaleão

O Vila Camaleão é uma casa de samba atuante em Fortaleza, desde 2009. Por lá, já se apresentaram e se apresentam diversos nomes do samba da cidade. A programação vai de quinta a domingo, variando entre samba e pagode.

Endereço: Av. Barão de Studart, 671 – Meireles.

Funcionamento: Quinta a sábado, das 20h às 5h. Domingos, das 15h às 22h.

Instagram: @vilacamaleao

Sentiu falta de algum reduto do samba nessa lista? Envia para o Visit: fortalezear@gmail.com

Agenda

Saiba tudo o que está rolando na Cidade do Sol

15 jun
16 jun
18 jun
19 jun
Mascara de Fundo

Outras experiências em Fortaleza

As melhores dicas e experiências da Cidade do Sol

Todos
Beira-Mar
Cidade do Sol
Gastronomia
História e Cultura
Compras
Pet Friendly
Mascara de Fundo